A Publicidade Importa: Financia as Coisas que Amamos na Internet

banner_advertising_matters (1)

De acordo com pesquisa da Teads, 74% dos internautas concordam com a afirmação que ser forçado a assistir a anúncios acaba com a experiência online. Como historicamente a indústria se voltou às unidades de anúncios invasivas e irritantes, não deveria ser surpresa que os usuários estão adotando bloqueadores de anúncios em números alarmantes.

Apesar de sob a perspectiva da experiência do usuário a tendência a baixar bloqueadores de anúncios parecer uma reação natural e compreensível, esta propensão cria efeitos sérios e danosos ao fluxo de receita dos fornecedores de conteúdos online. De acordo com a Secret Media, 25% das oportunidades de receita de empresas de mídia online são bloqueadas quando os usuários assistem a vídeos. Se a adoção de bloqueadores de anúncios continuarem aumentando, será insustentável para estas empresas de mídia continuarem fornecendo à audiência conteúdo editorial, canais de vídeo e jogos gratuitos e de qualidade.

Screen Shot 2015-10-05 at 3.04.40 PM

Com 63% dos adultos nos EUA concordando que a sociedade ficaria pior sem acesso a conteúdo premium gratuito ou de baixo custo, a Teads anunciou o lançamento da nossa iniciativa “A publicidade é importante”. Esta é nossa força para aumentar a conscientização sobre como podemos trabalhar juntos para melhorar a publicidade, manter o luro dos publishers online e superar a onda dos bloqueadores de anúncios.

Para sermos eficazes em nossas ações, é fundamental que primeiro nos eduquemos sobre o estado do bloqueio de anúncios em nossa indústria. Comece visitando nosso site A publicidade é importante para se aprofundar na conversa, baixando nosso documento técnico “O poder do premium” e lendo nosso “Manifesto por uma publicidade sustentável”, que explora as causas primárias da adoção de bloqueadores de anúncios, como a indústria tem reagido e também as potenciais consequências do bloqueio de anúncios para publishers. Este documento também fornece uma visão geral abrangente sobre 10 soluções simples que você pode seguir para impedir o aumento do bloqueio de anúncios.

Para mantermos a rede que conhecemos e amamos gratuita e disponível para todos acessarem, devemos nos unir para apoiar unidades publicitárias amigáveis aos usuários e não invasivas.

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn