Teads lança estudo sobre os motivos que levam usuários a aderir aos bloqueadores de anúncios

Levantamento mostra que 86% dos entrevistados reconsiderariam instalar um ad blocker se a experiência com a publicidade oferecesse a escolha de pular ou fechar o anúncio desde o início

São Paulo, 27 de janeiro de 2016 – A Teads, inventora da publicidade em vídeo nativo e plataforma de monetização global para editores, divulgou hoje um estudo global que analisa os motivos pelos quais as pessoas usam bloqueadores para barrar a publicidade online. A pesquisa, conduzida pela Research Now, revela que os formatos de anúncios intrusivos e forçados são os principais motivadores para a adoção da ferramenta. Só no Brasil, 64 % dos entrevistados possuem essa opinião. Além disso, quando perguntados sobre quais formatos são os mais intrusivos, 46% dos usuários com bloqueadores instalados classificaram o pre-roll como o mais intrusivo.

Entre os resultados da pesquisa também fica clara a aversão aos anúncios pop-up, com 85% deles aderindo aos bloqueadores para remover esse tipo de propaganda. Outros 75% afirmam que qualquer formato forçado de publicidade, ou seja, aqueles que não dão a escolha de pular desde o início, são extremamente intrusivos/irritantes.

Aliás, a resposta para reverter o crescimento acelerado dessa ferramenta está, justamente, em possibilitar ao usuário um controle maior da publicidade online. No levantamento, 86% das pessoas ouvidas afirmaram reconsiderar a opção dos bloqueadores se pudessem fechar ou ignorar a propaganda. No mobile, o sentimento é o mesmo, com 57% dos usuários afirmando que desinstalariam a ferramenta de bloqueio se pudessem pular o anúncio desde o início.

A maioria dos entrevistados, bloqueadores e não bloqueadores, concordou que formatos de anúncios no celular são mais intrusivos do que aqueles em PCs. Em dispositivos móveis, 55% dos usuários ativos de ad blockers são incentivados a se envolverem com anúncios, se estes forem divertidos.

“As pessoas ao redor do mundo têm expressado uma aversão a formatos de anúncios intrusivos. Por isso, fornecer uma escolha a elas é uma solução global”, afirma Rebecca Mahony, CMO da Teads. “O aumento dos bloqueadores sinaliza uma chamada para o despertar do setor de publicidade. Devemos prestar atenção às demandas dos consumidores quanto a anúncios que respeitem a sua experiência on-line. A Teads se orgulha por oferecer uma solução que dá aos usuários a escolha, e está ansiosa para continuar a sua missão de injetar publicidade sustentável no ecossistema em 2016”, diz.

Entre as soluções as quais a executiva se refere está o InRead flagship. A ferramenta da Teads insere publicidade em vídeo dentro de conteúdo editorial, enquanto o vídeo está visível e dá o poder de escolha ao usuário, permitindo a ele ignorar o anúncio, caso queira. A plataforma editorial premium global da empresa inclui Forbes, El Mundo, Grupo Expansión, Terra, El Tiempo, Estadão, entre muitos outros. Marcas confiam nas soluções de publicidade em vídeo nativos da Teads para atingirem seus públicos alvo.

A Teads ouviu mais de 9.000 entrevistados no mundo todo para o estudo, classificados em três grupos: usuários de bloqueadores de anúncios em desktops/laptops; usuários com ad blockers em dispositivos móveis (smartphones/tablets); e aqueles que conhecem a ferramenta, mas ainda não a instalou. O estudo foi realizado nos principais mercados de mídia em todo o mundo, incluindo Estados Unidos, América Latina (México, Brasil, Argentina) e o Top 5 europeu, com Reino Unido, Alemanha, Espanha, França e Itália.

Resultados da pesquisa a nível global:

• Os entrevistados nos Estados Unidos foram os mais propensos a terem aversão aos formatos intrusivos, com 74% concordando que a publicidade forçada é o motivador número um para bloquear anúncios. Na Itália, apenas 60% das pessoas ouvidas concordou com a afirmação.

• Com 89%, México e Espanha são os dois países onde os usuários considerariam o nível de escolha que os anúncios permitem como motivação para não bloqueá-los.

• Os argentinos são os que menos apreciam os anúncios pre-roll, com 57% dos entrevistados classificando o formato como altamente intrusivos. Para eles, anúncios de vídeo nativo inseridos em artigo, são o que mais funcionam. Apenas 13% consideram estas unidades altamente intrusivas.

• Na Alemanha, origem do Adblock Plus, principal bloqueador de anúncios do mercado, a motivação dos entrevistados para usar a ferramenta são os formatos intrusivos (72%). Por outro lado, caso a publicidade oferecesse uma escolha, 83% dos usuários evitariam utilizar os ad blockers.

Para baixar uma cópia do estudo global da Teads, visite: http://info.teads.tv/ad-blockers-pt

Sobre a Teads

A Teads, fundada em 2011, é a inventora da publicidade nativa em vídeo e é uma plataforma de monetização global para as editoras. Publishers trabalham com a Teads para criar um novíssimo inventário de vídeo e gerenciar o já existente, monetizando-o por meio da compra programática, seja via sua própria força de vendas ou de terceiros.

As soluções em publicidade nativa em vídeo da Teads abrangem uma série de formatos inseridos em conteúdo de mídia, como o inRead sendo reproduzido dentro de artigos. Ela está mudando o jogo no mercado de publicidade em vídeo, criando níveis sem precedentes de inventário premium.

Marcas e agências podem acessar esta grande vantagem, disponível na web e em dispositivos móveis, por meio de serviços programáticos ou gerenciados. Com os seus recursos de serviços gerenciados, a equipe Teads executa em seu nome e de seus clientes usando sua plataforma.

A Teads tem uma equipe de mais de 400 funcionários, 100 dos quais estão no time de inovação, instalados em 26 escritórios, em 18 países.

Sobre a Research Now

A Research Now Group, Inc. é líder mundial na coleta de dados digital para potencializar analíticas e insights. Permite a tomada de decisões baseada em dados para seus três mil clientes em pesquisa de mercado, consultoria, mídia e corporativos, usando plataformas on-line, móveis e em mídia social. A empresa opera em mais de 35 países, com 23 escritórios ao redor do globo e é reconhecida como a líder em qualidade, escala e satisfação do cliente em seu setor. Para obter mais informações, visite researchnow.com.

CONTATO PARA MAIS INFORMAÇÕES E ENTREVISTAS:
Cristina Bichara
cristina.bichara@teads.tv

Facebook
Google+
Twitter
LinkedIn